Buscar
Guia de Bares e Restaurantes Abrasel SP

O restaurante Ramona serve o melhor da cozinha contemporânea da região mais rica w arte e cultura do centro de São Paulo, a poucos passos de marcos históricos e arquitetônicos da cidade, como Edifício Copan, a Biblioteca Mário de Andrade e o Theatro Municipal.

No Ramona, a experiência não se limita à excelente cozinha. O ambiente, moderno e informal, é mobiliado com peças de design; trilha sonora traz uma seleção de rock a partir dos anos 60, com canções de Bob Dylan, Rolling Stones, Lou Reed e David Bowie, entre tantos outros; o bar prepara coquetéis que já se tornaram clássicos da cidade, como o Bloody Mary com Bacon Crocante (R$ 29).

O cliente acostumado a frequentar restaurantes de Nova York, Berlim ou Londres vai se sentir em casa no Ramona. A cozinha funciona até as 2h da madrugada de quinta a sábado. O cardápio conta com vários pratos de composição vegetariana ou vegana, mas que agradam a todos: um bom exemplo é o Fusilli com Quatro Tipos de Cogumelo, Queijo Cottage e Ciboullete Fresca (R$ 47). A cozinha e o bar funcionam sem interrupção entre o almoço e o jantar, fazendo do Ramona uma excelente opção para comer e beber a qualquer hora do dia (exceto por alguns pratos do cardápio, indisponíveis entre 15h e 20h).


O trabalho do chef Bruno Fischetti, também sócio do Ramona, tem base sólida na culinária italiana e absorveu influências das cozinhas brasileira e asiática. Bruno traz na bagagem a experiência de quem trabalhou durante seis anos em restaurantes no norte da Itália e na Inglaterra.

De volta ao Brasil, assumiu a cozinha da filial paulistana do PJ Clarke’s até a abertura do Ramona, onde se dedica a uma culinária moderna, de ingredientes frescos, com forte acento regional brasileiro. “Sempre fui acostumado a cozinhar com poucos ingredientes: por isso, a minha inspiração para a criação do cardápio foi ajustar as preparações àquilo que o mercado oferece de mais fresco. A vantagem disso é poder aproveitar as safras de alguns vegetais que, em sua época correta, estão na melhor forma.”, diz o chef.

As raízes italianas de Bruno se manifestam nos cremosos risotos.  A versão de camarão (R$ 60) leva ainda abobrinha italiana, tomate cereja e quinoa orgânica ‒ que empresta cores andinas à criação do chef. A influência asiática é evidente na Salada de Pato (R$ 43), em que lascas de carne da ave são temperadas com molho de ostras e guarnecidas com abóbora cabochã e broto de feijão.
 

 
publicidade

Última atualização realizada em 29/03/2021 11:43:11
Contato, preços e horários podem ser alterados pelos estabelecimentos sem aviso prévio. Verifique antes de sair!