Buscar
Guia de Bares e Restaurantes Abrasel SP

A chef Morena Leite é a dona do Santinho, nova casa do grupo Capim Santo. A casa marca seu retorno à Vila Madalena, onde a chef iniciou sua trajetória gastronômica. O espaço, com o ambiente acolhedor típico dos empreendimentos da chef, explora um novo conceito: o da cozinha gourmet. Formada por uma bancada de dez metros de comprimento, ela é a grande estrela do almoço na nova casa. É ali que o cliente tem a oportunidade de interagir com os cozinheiros, que finalizam alguns dos pratos na hora em um ambiente agradável, em sintonia com a modernidade do Instituto Tomie Ohtake, onde está instalado. O resultado é uma união perfeita entre arte, design, gastronomia e entretenimento para deleite dos visitantes e clientes.

Os pratos da nova casa carregam o DNA do Capim Santo, trazendo uma culinária brasileira contemporânea que preserva as raízes e os sabores nacionais. São servidos de terça-feira a domingo dez opções variadas de salada, cinco tipos de grãos e cinco tipos de leguminosas. Uma ilha de guarnições é seguida por outra de carnes, peixes e aves, e, por fim, um cooktop com massas e tapiocas preparadas na hora – uma tradição das casas do grupo. O menu varia diariamente, e os clientes podem aguardar várias surpresas, dependendo do que a chef encontrar no Ceasa durante a semana.

O conceito do Santinho veio da chef Morena Leite, inspirada em sua mãe, arquiteta e cozinheira. O projeto levou em conta a arquitetura do Instituto Tomie Ohtake para criar um retrato da diversidade de São Paulo, unindo a contemporaneidade do design do prédio ao ar bem brasileiro do grupo Capim Santo. O paisagista Gil Fialho, expert em jardins tropicais, criou um jardim vertical de 70 metros quadrados de extensão na área externa do restaurante. A decoração, assinada por Luli Azevedo, reflete a brasilidade contemporânea do restaurante, ao se integrar perfeitamente ao ambiente moderno e cosmopolita do local onde a casa está localizada.

Móveis em tons de verde e berinjela contrastam com as bancadas criadas pela Formaplás especialmente para o projeto, onde os cozinheiros trabalham à vista dos clientes. Já os cooktops da Electrolux dão um toque clean, prático e high tech ao bufê. O tom de verde das panelas Le Creuset utilizadas no restaurante foi reproduzido nos abajures criados por Flávia Del Pra. Por fim, na área externa, uma grande mesa decorada com azulejos pintados à mão, com estampas de Santo Antônio, Iemanjá, Lakshmi e São Jorge, criados pela artista plástica Calu, dá um tom divertido ao ambiente.

 
Site: http://restaurantesantinho.com.br/restaurantes/instituto-tomie-ohtake/
publicidade

Última atualização realizada em 05/04/2021 15:54:50
Contato, preços e horários podem ser alterados pelos estabelecimentos sem aviso prévio. Verifique antes de sair!