Buscar
Guia de Bares e Restaurantes Abrasel SP

Uma gastronomia contemporânea e saudável. Essa foi a principal inspiração dos sócios Fernanda Lima, Pedro Paulo Diniz e Giovana Baggio quando decidiram se juntar para abrir um novo restaurante em São Paulo. Localizado no Jardim Paulistano, bairro nobre da cidade, o espaço, batizado de Maní, traz uma cozinha à base de produtos frescos e orgânicos, preservando sempre os nutrientes dos alimentos, assim como suas cores e texturas. Segundo Helena Rizzo, chef responsável pelo menu, ao lado de Daniel Redondo, a idéia, independente do conceito gastronômico criado, é resgatar o prazer de comer em casa. Com carne, ou sem carne, o princípio será sempre o mesmo para proporcionarmos o que chamamos de cozinha saudável - diz Helena. Com influências italiana, espanhola, japonesa, brasileira e da boa comida da vovó, todas as carnes do cardápio são de origem orgânica e acompanhadas por molhos preparados a partir de um líquido principal, ligado com azeite de oliva extra virgem e agar-agar, uma alga marinha espessada.

Com menus específicos para almoço e jantar, entre os pratos principais que levam carne estão criações como: Lombo de Cordeiro, com purê de grão de bico, ervilhas tortas, beterraba e azeite de eucalipto; Magret de Pato, com farofa de banana e emulsão de laranjas; e o Peixe do Dia “ao forno”, com terrine de batatas, tomatinhos confitados e azeite de alhos e alecrim. Risoto de Beterraba, Couscous de Verduras e os Falsos Tortéis de Abóbora estão entre as opções que não levam carne. Entradas como Carpaccio de polvo e Terrine de Foie Gras e Goiabada também fazem parte do menu elaborado por Helena Rizzo e Daniel Redondo, que para finalizar prepararam sobremesas baseadas no lema de que saúde também é prazer.

No que diz respeito à arquitetura e decoração, o contemporâneo, dentro de um conceito rústico jovem, também faz parte do novo restaurante que possui áreas interna e externa, somando um total de 280 metros quadrados. Mariana O. Kraemer, diretora de projeto e conceito, e Juliana Overmeer, arquiteta, são as responsáveis por uma ambientação com design simples e reto. O uso das cores também coopera para a criação de um espaço moderno, com mesas em azul hortência contrastando com móveis em madeiras brancas envelhecidas e luminárias pendentes em vidro de Murano e Alpacas coloridas. Além disso, o Maní também abrirá suas portas para exposições de novos artistas, estreitando a relação de arte com o público que freqüenta o local. Logo no corredor de entrada, com doze metros, encontra-se uma parede arte (painel) com pinturas da artista Silvana Mello, convidada por Fernanda Lima. O espaço externo conta com um paisagismo orgânico, cultural e, claro, contemporâneo, valorizado por pergolados e parreiras, e criado pela paisagista Maringá.

O atendimento fica por conta de jovens especializados e treinados de forma descontraída, humana e eficiente, sempre visando as preferências e o bem estar dos clientes.

*Maní: deusa da mandioca, amendoim (maniva). Manioca: mandioca (LENDA da deusa Maní, enterrada na própria oca, gerou a raiz alimentícia).

 
Celular: (011) 97473-8994
Telefone: (011) 3854-4148
E-mail: mani@manimanioca.com.br
Facebook: facebook.com/manimanioca
Instagram: manimanioca
Site: http://manimanioca.com.br/
publicidade

Última atualização realizada em 01/04/2021 14:42:20
Contato, preços e horários podem ser alterados pelos estabelecimentos sem aviso prévio. Verifique antes de sair!